COMO DEIXAR DE SER MULHER, EM 10 LIÇÕES.

 

Caso você esteja cansada de ser mulher este texto é pra você. Seguem 10 lições para serem seguidas e em breve você estará agindo, pensando e sentindo como um homem, tome nota:

1- Tome anticoncepcional, de preferência aquele que faz você parar de menstruar de vez, menstruação pra quê? Não tem função nenhuma, dizem alguns médicos, logo você menstrua por um erro da natureza. Pare de sentir cólicas, economize o dinheiro gasto com absorventes e viva de forma linear, nada de flutuações hormonais ou emocionais. Desligue-se completamente dos ciclos lunares e da sua porção natural.

2-Não acredite em intuição, tudo crendice, acredite que o que vale é o racional, a lógica. Dois mais dois serão sempre quatro, o resto é mentira, enganação, misticismo puro de gente ignorante que acredita em ervas, chás, energia, coisas sem comprovação científica. Não acredite nos sonhos, em anjos, nos astros, em simpatia, em milagres, sexto sentido é algo para esotéricos, não para você. Abafe todos os seus instintos.

3- Não tenha amigas mulheres, entenda de uma vez por todas que  as mulheres são seres não confiáveis, ou seja, uma hora ou outra elas vão puxar seu tapete, aliás elas adoram fofocar e falar sobre coisas sem importância: falam de sentimentos, de novela, trocam receitas e conselhos. Você não precisa disso, portanto ande apenas com homens, a menos que seu chefe seja uma mulher.

4- Gaste seu tempo com coisas úteis: nada de preparar comida fresca e saborosa, prefira os enlatados, comida congelada ou pizza, domingo vá na churrascaria. Nunca faça bolos ou  tortas, esqueça pães, assados e massas caseiras, aquela receita da sua avó rasgue para não cair em tentação. Leve toda a roupa para a lavanderia, deixe seus filhos estudarem em período integral, afinal você se mata de trabalhar para que eles tenham o melhor video game. Lembre-se que quanto mais atrativos tiver o vídeo game mais tempo eles ficarão ocupados sem perturbar a sua paz.  Veja como sempre vale a pena investir em tecnologia.

5- Separe sexo de sentimento. Quando você for para a balada sempre carregue a camisinha na bolsa, assim se você mirar um super gato e ele entrar na sua, você não corre o risco de perder uma transa espetacular. Afinal amor é amor, sexo é sexo, transar com um cara hoje e outro amanhã é super natural e a pílula e a camisinha vieram mesmo pra isso, pra te liberar, pra você não precisar nunca de um companheiro. Felicidade a jato, isso é o que importa; afetividade, namoro, compromisso, morar junto ou casar, ter filhos, tudo coisa de mulherzinha.

6- Trabalhe muito. Lembre-se que tempo é dinheiro. Você vale o que você produz, faça com que seu chefe esqueça que você é mulher, nada de cólica menstrual (vide item1), nada de ligar pra casa pra saber do filho que ficou com febre, nunca derrube uma lágrima. Emende uma pós-graduação na outra, e se possível um curso de inglês avançado junto com espanhol, mas não descuide do mandarim. Se você começar a sentir muita tristeza  procure seu médico que ele te recomendará um antidepressivo. Se tiver problemas para dormir, não deixe de relatar na consulta, hoje em dia existem ótimos indutores de sono que fazem você dormir como um anjo, só precisa da receitinha azul. 

7- Evite o auto-conhecimento. Não se auto-analise e nem pense em procurar um(a) Terapeuta. Apenas sua aparência externa merece ser valorizada, afinal num mundo competitivo você tem que estar cada vez mais magra, jovem e bonita. Nunca esqueça a data exata de sua próxima aplicação de botox ou de retocar a escova progressiva. Cuidando sempre de sua aparência você evita dois dissabores: ter tempo de pensar em seus sentimentos (os poucos que sobraram caso você tenha seguido as lições anteriores) e não se permitir jogar contra o mundo corporativo-consumista. Faça parte do sistema!

8- Delegue a educação dos seus filhos. Nada de contar histórias, amamentar, ficar com eles durante a licença maternidade, lembre-se: eles vem, crescem, corrompem e vão embora (já ouvi esta frase em algum lugar), não perca tempo com esses seres ingratos, delegue tudo para sua sogra, sua mãe, para uma babá e em último caso para a escola. Educar dá muito trabalho, é cansativo, delegue, assim você ganha tempo e pode planejar melhor a sua carreira.

9- Não seja criativa. Evite pintar, escrever, tecer, bordar, cantar, cozinhar, arrumar armários, mudar os móveis de lugar. Comprar flores é bobagem, elas morrem logo e custam caro. Essas atividades primitivas utilizam partes arcaicas de seu cérebro. Aproveite este tempo para fazer coisas realmente produtivas: leve trabalho extra pra casa e estará mais perto daquela promoção! Lembre-se,  o que vale é a logística.

10- Acredite, ser mulher não tem graça nenhuma. Usar laço de fita, batom, gloss, cílios postiços, salto alto, meia fina, parir, menstruar, TPM, que coisas mais desagradáveis. Deus devia ter parado sua obra quando fez Adão. Adão sim poderia ter sido feliz se tivesse solicitado um prozac em vez de  pedir uma companheira, poderia, assim, estar até hoje habitando o paraíso. Última coisa: Peça perdão a Deus pelo pecado original e esqueça de vez que você é ou foi um dia parente daquela pecadora da Eva. Boa sorte!

 P.S.: Este texto não é uma crítica aos HOMENS, tão pouco este texto é uma crítica as MULHERES HOMOSSEXUAIS, ser homossexual/bissexual nada tem a ver com perder contato com sua porção sagrada. Este texto pretende ser uma reflexão para as MULHERES que adotaram um modelo mecanicista e não feminino de vida, desligando-se de seus ciclos, ritmos e de sua verdadeira natureza sábia e instintiva e que hoje se encontram perdidas e infelizes. Acordem irmãs!

4 Respostas para “COMO DEIXAR DE SER MULHER, EM 10 LIÇÕES.

  1. carla, gratidão por compartilhar tanta sabedoria! viva as mulheres!!! beijos e beijos femininos.

  2. Como é óbvio, não sou mulher, mas durante a já minha longa vida, chefiei várias equipas de profissionais onde predominavam as mulheres e os problemas criados pelas situações que você aponta no seu post, foram enormes e por vezes muito difíceis de resolver. Ultimamente e porque o meu Blog encontra-se numa área maioritariamente afecto a mulheres, também tive a mesma experiência… mas não quero dizer com isto que deteste mulheres… :)) Minha esposa, com quem estou casado há 46 anos, é uma Mulher de primeira água e uma companheira com quem sempre compartilhei todas as tarefas na criação das filhas (duas), das tarefas da casa, das responsabilidades, de tudo o que um casal tem de responder quando juntam os trapinhos… Bem haja carlalindolfo!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s