SANGRO, MAS NÃO MORRO…

Isa Sanz é uma fotógrafa espanhola que conseguiu dar forma artística ao tema da menstruação. Em sua exposição de fotos denominada “Sangro, pero no muero” o sangue menstrual  não fica escondido e é o protagonista principal da exposição do trabalho da artista. A menstruação considerada como tabu, como algo  escandaloso e de mau gosto aqui se exibe com orgulho e beleza.

As fotos nos trazem magia, força e naturalidade, simbolizando a vida, a morte e a união entre as mulheres. A autora quer deixar claro o vínculo que que une todas as mulheres e que nos transforma em “Irmãs de sangue”.

No vídeo podemos contemplar mais fotos da exposição e perceber a grande mudança de atitude e de foco na visão da menstruação.

Não há o que temer, Sangro mas não morro…

Eu venho do útero universal
sangro mas não morro
E em um infinito ciclo de vida-morte -vida
sangro mas não morro
Ressurjo
sangro mas não morro
O fluido é a chave da morada escura
sangro mas não morro
De onde se cria, a transformação”
Isa Sanz

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s