Arquivo da tag: PSICOTERAPIA ANALÍTICA

SÓ POR HOJE!

aea3c90b84ffd4026460c3b883f1bb88

Fim de ano se aproximando e junto com ele a nossa velha conhecida: a ansiedade! Estive pensando em como vencer essa sensação que nos tira o foco, a concentração, a paz e a lucidez. Pensei em falar sobre algo que nos ajude a vencer o pensamento ansioso e que nos mantenha no momento presente.

O PRESENTE, esse momento, aqui e agora é tudo o que existe: nossa única realidade. O passado é composto por memórias e o futuro por fantasias de nossa imaginação. É claro que precisamos planejar, ter metas pois sem planejamento pouco ou mesmo nada acontece mas isso é diferente de ter pensamentos ansiosos e angustiantes.

Então aconteceu uma sucessão de fatos: acordei cantarolando a música do Legião Urbana “Só por hoje” e resolvi conhecer o texto completo, que eu sabia ser utilizado nas reuniões dos Alcóolatras Anônimos e em outras associações que ajudam dependentes químicos.

Lendo o texto, percebi que não é necessário ter nenhum vício pernicioso para praticar a leitura diária desse texto. Para mim ele trouxe conforto, paz e me permitiu respirar no AGORA, pois o grande vício da sociedade contemporânea é a síndrome do pensamento acelerado.

Segue o texto: 

Só por hoje, procurarei viver o dia que passa, apenas, sem tentar resolver todos os problemas da minha vida inteira. Por doze horas, apenas, poderei executar qualquer coisa que me encheria de pavor se tivesse de realizá-la pelo resto da minha vida.

Só por hoje, me sentirei feliz. Farei verdadeira aquela frase de Abraham Lincoln: Muita gente se sente feliz só porque se convence de que o é.

Só por hoje, procurarei fortalecer minha inteligência. Aprenderei qualquer coisa de útil. Lerei qualquer coisa que exija esforço, pensamento e concentração.

Só por hoje, procurarei me ajustar aos fatos, em vez de tentar ajustar tudo que existe aos meus próprios desejos.

Só por hoje, exercitarei minha alma de três maneiras: fazer um benefício a alguém, sem contá-lo a quem quer que seja. Farei pelo menos duas coisas que não desejava fazer, só por exercício. E hoje, se alguma coisa me magoar, não revelarei a ninguém.

Só por hoje, procurarei mostrar a melhor aparência possível, vestir-me bem, falar baixo e agir delicadamente. Não farei críticas ou tentarei corrigir nem dar ordens a ninguém, a não ser a mim mesmo.

Só por hoje, estabelecerei um programa de ação. É possível que eu não o siga à risca, mas tentarei. Vou me livrar de duas pragas: a pressa e a indecisão.

Só por hoje, dedicarei uma meia hora, a mim próprio, para fazer silêncio e repouso. Durante essa meia hora procurarei divisar uma perspectiva mais clara de minha vida.

Só por hoje, não hei de ter medo. Especialmente, não hei de ter medo de apreciar a beleza e de acreditar que aquilo que eu der ao Mundo, o Mundo me devolverá.

Vamos tentar? É só por hoje!

 

O QUE É TERAPIA DO FEMININO?

 

A TERAPIA DO FEMININO é uma psicoterapia que nasceu de muitos anos de estudo, carinho, cuidado e da necessidade de uma Terapia que auxiliasse na harmonização da psique da Mulher. A Psicologia dos Mitos Femininos e das Deusas Arquetípicas tem seu enfoque na construção da história de Vida de cada cliente. Essa Terapia não pertence a nenhuma religião, pelo contrário, ela respeita e resguarda a religião de todas as mulheres por entender que somente a religação com o SAGRADO pode realmente nos curar e trazer significado às nossas Vidas.
A TERAPIA DO FEMININO não segue um roteiro fixo, pois cada encontro entre Terapeuta e Cliente se apresenta como uma sessão viva, sendo um verdadeiro mergulho na Alma que é o manancial de potenciais e forças da Mulher.
Em nossas sessões serão trabalhadas as fases e os marcos da vida da Mulher desde a sua infância até o momento atual sempre tendo como foco a construção de um futuro cheio de oportunidades.
Encontrar nosso mito pessoal, ser a heroína de nossa jornada, essa é a missão de cada mulher.  Durante a nossa Vida, muitos acontecimentos e sentimentos permanecem inconscientes, as vezes como segredos que atrapalham todo o nosso florescer… mas não podemos permanecer assim por muito tempo, pois esses  conteúdos, se não forem olhados e reformulados, surgirão como sintomas, doenças, pesadelos, acidentes que se repetem e não entendemos os motivos. Queremos ajudar a Mulher a olhar para cada aspecto significativo da sua vida e reconstruir o que não estiver estruturado ou destruir aquilo que estiver destinado a morrer.
A Psicologia Junguiana é a nossa principal abordagem de trabalho. Em nossas sessões iremos trabalhar e modificar os padrões de comportamento/pensamento que trazem medo, culpa, raiva, fobias  e depressão.
 Poderão ser utilizados recursos como como a  Terapia Floral,  uso da chamada Psicologia Arquetípica das Deusas (Jean Shinoda Bolen) e outras vivências como meditações orientadas e uso da arte como expressão do “eu” criativo”.
 A Mulher atual desempenha múltiplos papéis e merece um momento único e exclusivo para falar abertamente de suas inquietações e dilemas sem preocupações com  julgamentos, preconceitos ou sigilo. Precisamos conhecer as partes sombrias e esquecidas de nossa alma, arejar e revitalizar nossos corações e mentes para encarar aquilo que precisa, realmente, ser modificado em nós a fim de nos transformarmos na nossa melhor versão!

Exemplos de Indicações da TERAPIA DO FEMININO:

Mulheres dependentes de relacionamentos, mulheres infelizes em suas relações amorosas ou profissionais, mulheres com culpa e sobrecarga de trabalho x maternidade/família; parceiros abusivos  e/ou dependente de alcool/drogas; dificuldades sexuais,  falta de entusiasmo ou dificuldades em  encontrar sua missão de Vida; mulheres com depressão, síndrome do pânico, fobia social, doenças psicossomáticas, obesidade e distúrbios alimentares, depressão pós-parto, mulheres vítimas de abuso sexual e com baixa autoestima.

Sessões semanais, individuais, com uma hora de duração, onde há espaço para uma escuta integradora, análises e exercícios.

ENTREVISTA INICIAL GRATUITA

ESPERO POR VOCÊ!

CARLA LINDOLFO É PSICOTERAPEUTA JUNGUIANA E NÃO-PSICÓLOGA.

“Fico perplexa com o fato de as mulheres hoje em dia chorarem tão pouco e, quando o fazem procuram justificativas. Fico preocupada quando a vergonha ou a falta de hábito começam a eliminar uma função natural. Ser uma árvore florida e estar cheia de seiva é essencial, se não você pode se quebrar. Chorar faz bem, e é certo. Chorar não cura o dilema, mas permite que o processo continue em vez de entrar em colapso. – Clarissa Pinkola Estés

Rua Gonzaga, 220 – São Caetano do Sul, SP  – TEL. 4221-9684/9-7213-6035

A MELANCOLIA NOSSA DE CADA DIA

Entendo a  melancolia como um sentimento universal e visceral, ou seja, todos sentimos uma certa melancolia, vez ou outra (diferentemente da depressão como sintoma de doença). Algumas pessoas sentem mais, outras sentem menos, muitos não conseguem aceitar a própria melancolia e buscam os vícios como formas de amenizar ou mesmo esconder a própria dor. Outros não conseguem ter contato com essa melancolia pois se esforçam para mantê-la insconsciente, aprisionada, como é o caso dos materialistas extremados, por exemplo. Penso que é importante entrar em contato com nossa melancolia, percebê-la, senti-la, mas principalmente buscar respostas para ela, sem se deixar ser tragado. A minha melancolia não é igual a sua e nem tem a mesma causa. 

Há quem busque por respostas em escolas filosóficas, herméticas ou mesmo através da religiões ou seitas, o importante é que a busca seja feita. No meu caso, quando resolvi encarar minha própria dor fui fazer psicoterapia, o que infinitamente me ajudou. Com a terapia passei a compreender fatos que, racionalmente, eu achava que já estavam resolvidos quando, na verdade, estavam encobertos embaixo de camadas e camadas de racionalizações. Eu vejo a Psicoterapia como uma escavação: você em conjunto com seu Terapeuta irão escavar um terreno rico e fértil, porém, nem sempre esse processo será fácil e indolor, daí muita gente preferir sofrer anos a fio do que encarar o setting.

Por outro lado, acredito que quando estamos realizando a missão de nossa alma, a melancolia fica um pouco de lado e passamos a sentir ENTUSIASMO.

No meu caso, hoje, o que mais me dá alegria, fé, esperança e confiança no Universo e na própria Divindade é saber que estou nadando a favor da corrente. Lutando por meus ideais e por meus sonhos verdadeiros, sei que posso olhar nos olhos do meu filho ou mesmo da criança que um dia eu fui e não sentir vergonha da minha história. Enquanto nossos trabalhos, relacionamentos e atitudes, forem baseadas em ideais egóicos (EGO) pouco restará para que a alma (SELF) alcance a realização.Namastê!

DEZ DICAS PARA VOCÊ REVOLUCIONAR SUA VIDA!

MUDANÇAS

MUDANÇAS

Andei pensando em maneiras de revolucionar nossas vidas, vão aí DEZ DICAS:!

1- Tenha metas e tente cumpri-las. Compre uma agenda bem bonita ou decore um caderno você mesmo e anote sentimentos, sonhos, ações que te fariam mais feliz. Pense em coisas realistas e para cada meta pense ao menos em duas ou três ações concretas que você possa iniciar já. Lembre-se não dá para planejar tudo mas ninguém faz nada sem um bom planejamento.

2- Peça perdão. Se você magoou, feriu ou traiu alguém está na hora de pedir perdão. Primeiro peça perdão para você mesmo. Se a outra pessoa vai te perdoar ou não é uma escolha dela. Se a pessoa já não está mais nesse plano, faça uma boa ação para alguém que necessite de apoio e ofereça essa ação para a memória de quem você  ofendeu.

3- Peça ajuda e elimine as compulsões: Se você tem problemas como comer demais, beber demais, jogar, comprar, transar, amar de maneiras destrutivas e sem controle, está na hora de parar. Caso você não consiga abandonar o comportamento compulsivo/destrutivo sozinho: procure ajuda. Existem grupos, terapeutas, psicólogos, enfim, tem como procurar ajuda até mesmo de maneira gratuita. Dê um basta! Sempre bom lembrar que você deve parar de tentar modificar outras pessoas: aceite o fato de que você não pode mudar ninguém. Você só pode modificar a si mesmo: cada um tem seu tempo, seu momento, suas escolhas, aceite isso.

4-Desenvolva seu potencial: Quais eram seus sonhos quando você tinha 15 anos? Ser ator/atriz, arquiteto, modelo, cantor/cantora? Nunca é tarde para investir nos seus talentos. Se não conseguir seguir seus planos de forma profissional, pelo menos você pode se dedicar aos seus dons como um hobby. Vale a pena fazer cursos na sua área de interesse e depois deixar o Universo agir!

5- Livre-se de tudo aquilo que não te faz bem: de forma planejada e programada você pode sair de uma relação fracassada, você pode mudar de emprego, você pode trancar matrícula na faculdade e prestar novo vestibular para uma carreira que realmente tenha a ver com você. É possível reformar a casa, mudar de cidade, quem sabe até de País? Faça uma limpeza começando nos seus armários mas passando também pela cabeça e principalmente pelo seu coração.

6- Tenha fé: Todos nós temos problemas. Alguns problemas são maiores que outros, mas acredite o seu não é o maior. Caso você esteja vivenciando algo que está além de suas forças, entregue esse problema ao Deus da sua crença/religião. Creia que Deus é Pai e Mãe e nunca ababdona seus filhos. Aprenda a dizer a frase: “Que seja feita a vossa vontade”, pois a vontade de Deus é a única vontade perfeita.

7- Torne-se “egoísta“: Aprenda a dizer NÃO, pois cada vez que você diz sim querendo dizer não, na verdade você diz um não bem grande pra você mesmo. Acredite, você precisa aprender a dizer não. Sua vida irá mudar muito depois que você aprender essa simples lição.

8- Não queira ser perfeito: Procure sempre pelo seu melhor e isso significa comer bem, dormir bem, andar em boas companhias, cuidar da saúde, fazer uma atividade física, mas cuidado com os exageros! As capas das revistas estão cheias de pessoas magras, malhadas, maquiadas e de muito fotoshop, mas quem disse que elas são felizes? Espero que sejam, mas ser bonita não significa ser amada ou ser feliz. Busque o seu melhor sem exageros!

9-Aprenda a relaxar: Descansar, relaxar, curtir sua casa, seu quarto, seu cantinho, viajar mesmo sozinho… como isso é importante e como as pessoas evitam ficar em sua própria companhia. Veja bons filmes, leia bons livros, passeie pelas ruas, tome um sorvete, enfim, relaxe, descanse e se permita apenas “viver no agora”.

10- Doe: Doação de dinheiro, de bens, de tempo, de afeto, de sangue. Doe para uma causa que “combine” com você. Se gosta de animais ajude participando de grupos ou de ONGs que trabalham pelo bem dos “bichinhos”. Se você gosta de crianças ou de idosos, procure por abrigos ou lares de convivência e passe um tempinho lá; enfim, pense em maneiras concretas de fazer o bem ao próximo e entre na corrente do bem!

Revolucione!

Saiba mais sobre a Psicoterapia Junguiana: https://carlalindolfo.wordpress.com/psicoterapia-junguiana/

VALE A PENA VIVER COM ÉTICA!

 

A fim de viver com ética e honra, declaro neste momento que:

Eu tenho um desejo de viver em um mundo pacífico e harmonioso. Portanto, eu dou pequenos passos para incentivar minha paz interior, permitindo-me viver uma vida autêntica. Me ocupando com as oportunidades de aprendizagem  que a Vida me apresenta e sabendo que, através desta aprendizagem, vou saber mais sobre mim e sobre o que eu quero da vida. Isto irá criar paz interior. Ao ser pacífica, eu trago mais paz para o mundo.

Eu reconheço que eu crio a minha vida através das minhas escolhas: Portanto, eu assumo total responsabilidade por minha vida. Eu me comprometo a viver com consciência, fazer escolhas conscientes sobre as palavras que eu falo e as ações que eu tomo. Estou ciente de que, cada gesto meu cria ondulações que afetarão mais pessoas do que eu possa imaginar.Portanto, eu escolho palavras gentis e ações de compaixão.   Estou ciente de que nem todos os seres humanos estão vivendo conscientemente, escolhendo palavras gentis e ações benéficas. Eu entendo que às vezes são ditas palavras rudes que só espalham a dor. Por isso eu evito tomar pra mim, as palavras do outro e procuro me importar menos com a opinião dos outros.  

Eu entendo como é importante ter um elevado nível de auto-estima para que eu possa viver uma vida saudável e produtiva. Portanto, eu aprendo a acalmar as vozes de limitação implantadas na minha cabeça por outras pessoas. Eu aprendo a ignorar os opositores, sabendo que o que eles acreditam não importa tanto quanto o que eu acredito. Se eu acredito que posso fazer algo, eu posso. Comprometo-me a aprender sobre quem eu sou e do que sou capaz. Eu descobrirei todos os meus talentos e desenvolverei todas as minhas capacidades. Descubro meus mais profundos desejos em meu coração, honrando os meus sonhos e paixões. Eu confio na minha voz interior de sabedoria e na minha intuição.  

Eu sei que viver uma vida saudável e produtiva inclui a sensação de que fiz uma contribuição ao mundo, não como uma obrigação, mas por um desejo genuíno de oferecer os meus dons ao Mundo.
Por isso eu faço o que amo, confiando que o cumprimento do desejo mais profundo do meu coração vai trazer uma contribuição para o mundo, mesmo que eu não entenda como. Eu sei que o medo vai tentar me segurar. Portanto, eu aprenderei a reconhecer a indecisão, hesitação e falta de vontade de agir como um medo subjacente de ser julgado (como um fracasso ou sucesso) e rejeitado. Eu aprendo a sentir o medo e apesar dele agir de qualquer maneira. 

Eu estou ciente de que todos os seres humanos têm uma profunda necessidade de ser ouvido. 
Portanto, eu sou uma boa ouvinte que ouve a mensagem por trás de “palavras ocultas”.Escuto com uma mente aberta e um coração aberto.  Estou ciente de que o salgueiro que se dobra ao vento é menos provável de quebrar.Portanto, eu sou flexível e tenho a mente aberta e sou consciente de que sempre há mais de uma maneira de abordar qualquer situação. 

Eu estou ciente de que o riso é o melhor remédio.
Portanto, eu estou disposto a ver o humor nas situações e levar a vida menos a sério. Eu sei que está tudo certo e que devo me divertir e rir de mim mesma. Eu sei que a gratidão é um ingrediente fundamental na receita da felicidade. Portanto, expresso minha gratidão todos os dias em nome de todas as bençãos da minha vida. 

Eu sei que dar e receber são duas metades iguais de uma equação que beneficia tanto o doador quanto quem recebe. Na verdade, o receptor oferece ao doador o dom de se sentir bem através de suas doações.Assim, graciosamente recebo e ofereço os dons de ajuda e apoio.

Eu sei que a minha palavra deve tornar-se lei. A fim de desenvolver a confiança – comigo mesmo e com os outros – Eu devo ser fiel à minha palavra. 
Por isso eu me comprometo a ser cautelosa em minhas palavras – só fazendo promessas que eu sei que vou poder cumprir. Sou cautelosa com o quanto me comprometo.  

Eu sei que o foco em nossas diferenças, ao invés de nossas semelhanças, cria tensão e divisão. Por isso comprometo-me a aprender a amar incondicionalmente toda a humanidade, independentemente de credo, nacionalidade, religião, sexo ou raça.  

Eu sei que inerentemente o amor é a única resposta.

Adaptei este texto do Código de Honra das irmãs do Círculo Universal de Mulheres.

PRINCIPAIS TÉCNICAS UTILIZADAS NA PSICOTERAPIA HOLISTICA:

“Não interessa quem és e de onde vens.  A capacidade de triunfar começa em ti. Sempre”. Ken Wilber

“Podemos escolher recuar em direção à segurança ou avançar em direção ao crescimento. A opção pelo crescimento tem que ser feita repetidas vezes. E o medo tem que ser superado a cada momento.” Abraham Maslow

“Quem olha para fora, sonha. Quem olha para dentro, acorda”.  Carl Jung

Terapia Transpessoal:  A abordagem Transpessoal vê o homem como um todo, composto de corpo, alma e espírito, capaz de escolhas, capaz de transcender o limite físico do corpo, viajando fora do Espaço-tempo das teorias cartesianas de Newton, já ultrapassadas pelas teorias Quânticas e Relativas da física. Alias, é a união destas teorias com a psicologia, que já foram estudadas, anteriormente, por Carl G. Jung, que dá a base para a Psicologia Transpessoal como Ciência.

A Terapia Transpessoal aceita especialmente estes preceitos, e adiciona a capacidade do ser humano de alterar os estados da consciência, para alcançar uma dimensão diferente da normal (vigília) chamada comumente de “Consciente”. Considerando que alguns dos teóricos desta abordagem não provêm da medicina ou da psicologia, mas sim das ciências exatas ou naturais, e que alguns fenômenos estudados por esta abordagem tem excedido os limites da psicologia acadêmica oficial, pesquisadores e terapeutas contemporâneos vêm denominando-a simplesmente de Transpessoal. Essa alteração de nomenclatura representa uma ruptura da ligação exclusiva com a psicologia, permitindo que estudiosos de outras áreas do conhecimento, interessados nos estudos transpessoais, possam participar de estudos e pesquisas em situação de igualdade com os  psicólogos.

Terapia Floral:  Acreditando que determinadas flores têm propriedades vibracionais, ou seja, energéticas semelhantes à da alma humana em equilíbrio, o médico inglês Edward Bach legou para o mundo, na primeira metade deste século, 38 essências florais inglesas, indicadas para equilibrar as emoções humanas e promover a saúde das pessoas.  As essências florais sintetizam os fundamentos de uma nova medicina, criada pelo Dr. Bach, e tornam-se extremamente benéficas e eficazes na promoção da saúde, já que as doenças se originam, em grande parte, nas emoções mais profundas, que estão em desequilíbrio e mal resolvidas dentro de nós.

Regressão Consciente de Memória: A regressão de memória é um processo espontâneo ou induzido que permite relembrar, compreender e integrar experiências marcantes vividas pelo cliente. Através das diferentes técnicas de regressão podem-se acessar fatos ocorridos durante a vida adulta, a adolescência, a infância, o nascimento, a vida intra-uterina, e até mesmo experiências ocorridas em outras vivências que ainda afetam o dia-a-dia.

Relaxamento: O relaxamento possibilita reflexão, avaliação dos próprios valores, idéias e da criatividade. Em nossos dias, com toda a agitação e preocupação de nossas vidas, a tensão e o stress acabam por ser nossos “companheiros” diários. Estamos sempre em um ritmo bastante acelerado o que pode, em longo prazo, gerar doenças físicas e psicológicas. O relaxamento pode ser obtido através de várias técnicas como: respiração profunda, relaxamento muscular, visualizações, vivências, dentre outros. Todos esses recursos criam um estado de quietude interior que desacelera o organismo e permite que ele se recomponha.

Renascimento: O Renascimento, pelo próprio nome que foi adotado, é muitas vezes associado ao ato do nascimento. Entretanto, o que ocorre realmente é que o ato de respirar conscientemente através da técnica promove a ativação psicofísica, trabalhando assim desde os bloqueios mais primitivos, como por exemplo, a primeira experiência do ato de respirar (nascimento físico). Certamente, para a maioria de nós não foi nada agradável sair de um ambiente acolhedor e quente como o útero da mãe e vir para um lugar geralmente frio, onde a primeira respiração implica em continuar vivendo de forma diferente gostando dela ou não. Renascimento é darmos um novo significado para nossa vida nos mais diversos aspectos, inclusive no momento em que viemos ao mundo. 

Massagens Terapêuticas: A massagem como recurso terapêutico vem sendo reconhecida como uma das terapias mais eficazes para alívio de dores e prevenção de doenças. Tem como proposta de trabalho, dentro de uma visão holística, tornar o indivíduo consciente do seu corpo, das suas tensões, da sua respiração e das suas cargas emocionais, bem como melhorar a nutrição dos tecidos pelo aumento da circulação sanguínea e linfática além de outros benefícios físicos e emocionais.

Meditação: Na meditação, não há resistência no corpo, nas emoções ou nos pensamentos: há consciência. A Meditação é um estado que promove autoconhecimento, pois reconhece como mutável os padrões de comportamento, crenças e valores internos adotados pela sociedade, educação e familiares. E também é um estado que reconhece como imutável a serenidade natural do Ser por trás de todos os pensamentos, sentimentos e sensações. Haverá momentos de reflexão, questionamentos e exploração do estado meditativo, de quem você é e de como lidar com os incômodos, resistências e desafios impostos por você ou pela própria Vida. 

Toque energético: As Técnicas de Liberação Emocional (EFT) são um processo de psicologia energético, desenvolvido por Gary Craig , que funciona com o sistema energético corpo-mente ajudando a eliminar todo tipo de problemas emocionais, mentais, físicos e espirituais. Comumente se o descreve como acupuntura emocional, técnicas de auto-ajuda muito poderosas para libertação de bloqueios, ansiedades, e problemas físicos.  Em outras palavras este toque produz uma harmonização da energia corporal. As Técnicas de Liberação Emocional (EFT) estabelece: “A causa de todas as emoções negativas é um desequilíbrio no sistema energético do corpo.”

 Bioenergética: A Bioenergética, de W. Reich, considera que existe uma forma de energia particular que cria uma interação entre o corpo e o espírito, governando os estados físico e mental. Ainda não foi possível medir essa força, mas, ela é também conhecida como “QI”, “PRANA”, “Força Vital”, “Vitalismo”, etc. O conceito da existência de uma energia única que une o corpo e o espírito constitui um dos fundamentos de terapias orientais como a Yoga, o Tai-chi-chuan e a acupuntura. Os problemas psicológicos, o stress, as atitudes negativas e as emoções como a ira e o medo, têm uma influência sobre a maneira de se sentar, de se manter em pé, de se mover ou de respirar. O objetivo da Bioenergética é, antes de tudo, ajudar as pessoas a tomar consciência de suas posturas, de suas atitudes de “blindagem” e das emoções associadas a essas posturas e atitudes. Pela a prática de certos exercícios, as pessoas aprendem a liberar a couraça muscular, de modo a permitir que o corpo funcione livremente e naturalmente.

Aconselhamento metafísico: Já sabemos que criamos tudo aquilo que chamamos de “realidade”; que nossos pensamentos e emoções estão constantemente atraindo situações para nossas vidas; somos todos seres vibracionais num Universo Vibracional e o auto-conhecimento (ter consciência do que acontece em seu mundo interior) é o principal caminho de transformação e libertação. Saiba que seus relacionamentos, sua qualidade de vida, sua saúde e seu dinheiro estão profundamente relacionados com a maneira como você vê a si mesmo e com o fato de conseguir amar-se e aceitar-se exatamente como você é.

PSIQUE FEMININA

“Para viver o mais próximo possível da vida espiritual selvagem, a mulher precisa sacudir mais a cabeça, ser mais exuberante, ter mais faro na sua intuição, ter mais vida criativa, enfiar mais a mão na massa, ter mais solidão, ter mais companhia de mulheres, levar uma vida mais natural, ter mais fogo, elaborar mais as palavras e  as idéias.”Clarissa Pinkola Estes, em “Mulheres que correm com os Lobos”.

O trabalho na TERAPIA DO FEMININO é realizado numa abordagem JUNGUIANA, onde há espaço para uma escuta integradora da história de vida, onde a emotividade estará vinculada com a “saúde” da mulher como um todo. Em outras palavras: a dor, o sofrimento, as perdas, a raiva, a rejeição, o medo são marcas que serão trabalhadas a partir do ponto “luz” de cada mulher: olhar para a “alma” feminina e perceber o que pode ser transmutado de forma natural e tranqüila.

A TERAPIA DO FEMININO atua em níveis e dimensões diferenciadas, seja no aspecto físico, emocional, cognitivo ou energético. As ferramentas de trabalho diferem de acordo com o perfil e necessidade de cada cliente.

É um trabalho que encanta a cada sessão de trabalho, a cada descoberta, a cada desafio vivido e transformado no aprendizado de reescrever a memória dos sonhos, do nascimento, da infância, da adolescente e da mulher adulta.

Colocamos uma especial atenção no estudo do inconsciente. A estratégia básica  requer que tanto a Terapeuta quanto a cliente deixem de lado suas respectivas estruturas conceituais, as previsões, os pressentimentos e as expectativas. Ambas devem se mostrar abertas e ousadas, prontas para seguir o fluxo da experiência com uma confiança profunda em que o organismo descobrirá seu próprio caminho de cura e evolução.

Estresse, cansaço, ansiedade, medo, pânico, solidão, insegurança, ciúmes, problemas de relacionamento em casa ou no trabalho, além de angústia, depressão, desespero e crises em diferentes fases da vida (adolescência, idade adulta, menopausa e terceira idade), pesadelos, insônia, tabagismo, alcoolismo, drogas, dificuldades alimentares e uma série de conflitos, internos ou externos, vem-se tornando responsáveis por distúrbios físicos e mentais que afetam cada vez mais mulheres.

Agende uma avaliação gratuita!